26 de ago de 2015

RUAS SEM SAÍDAS


ando
e não saio
do lugar
sou
feito
de círculos
de ruas
sem saída
sou
feito
de becos
escuros
de sussurros
de ecos
e sombras
ando
e não saio
do lugar
nem as nuvens
deste meu céu
passam por mim
mesmo
que eu corra
mesmo
que ocorra
instantes
da loucura lúcida
do sentir
fico ali
parado
andando
sem sair do lugar
em círculos
nas minhas tantas ruas
sem saída