10 de ago de 2015

RENATA MOURA

doce
é o teu sorriso

encantador
teu jeito

poesia
teu sentir
teu viver

eu, poeta, que sou
navego
em teus horizontes
brandos
brancos
claros

eu, poeta
estendo
sobre ti
a velas do barco
do existir
e deixo que teus ventos
me carreguem
no teu mar

doce Renata
doce encanto
suave
sempre
teu poemar