30 de ago de 2015

RASO DEMAIS

mesmo
sem saber
nadar
foi
no teu mar
que eu quis
me afogar
eu quis
ficar
ali
invadido
porti
e por tudo
aquilo
que eras
teu mundo
mesmo
sem saber
voar
e me atirei
em teus abismos
e quis
ficar ali
sentindo
teus sentidos
eu quis
tocar
teus sonhos
eu quis
morar em teu coração
só não
sabia
que tudo
em ti
eras raso demais