31 de ago de 2015

NÃO ESPERO NADA

hoje
eu não espero
nada
quero
apenas
viver
viver
é o que me resta

hoje
quero um dia
tranquilo
sem melindres
sem medo
dia de paz
estou cansado
de guerras

hoje
não tenho pressa
vou devagar
apreciando
a vida

tenho corrido
demais
tenho tido
muita pressa

não olho mais o sol
não sinto mais
o vento
deixo chorando
a poesia
que existe em mim