9 de ago de 2015

MORENA

eu
me rendo
me entrego
não tenho mais
forças
para lutar
tua beleza
me pegou
de jeito
me prendeu
o coração
me roubou
o sentir
eu
me rendo
me desfaço
viro tapete
poeira na estrada
eu
me perco
neste querer
de te querer
morena
meu veneno
elixir
minha droga
existir
eu me rendo
eu me perco
me desfaço
me reinvemto
no querer
de te querer
morena