8 de ago de 2015

ME ESPERA

me
espera
um dia
eu chego
um dia
eu volto
ou não
não posso
mais
ter a mesma
certeza
tudo por ai
me prende
tudo por ai
me envolve
me
espera
fica ai na janela
pode ser
que eu
venha no vento
e sopre
de leve
teus cabelos
ou quem
sabe
toque sua pele
e faça
de ti
minha morada
me
espera
quem sabe
um dia eu volte
ou não
já não sei de mais nada
apenas
do que sinto
sou
vento que sopra
de madrugada