11 de ago de 2015

LOUCURA

rasguei poesias
quebrei espelhos
queimei retratos
tirei a roupa
tomei um trago
fumei um cigarro
bati a cabeça
na parede
quebrei meu som
o telefone
a televisão
cometi pecados
tentei o suícidio
xinguei os santos
falei mal de Deus
deitei
na cama
chorei rios
fiquei em silêncio
adormeci
e quando
acordei
tudo havia passado