25 de ago de 2015

HOJE CÉU CINZA



o que
tenho
lido
são as nuvens
deste
hoje
céu
cinza

o que
tenho
feito
é vivido
este meus dias
de memórias
que não se apagam

tenho
andado
porque preciso
andar
tenho vivido
porque
é preciso viver

hoje
leio
as nuvens
deste meu céu cinza
e sem sol

as palavras
que passam por mim
morrem
ressecadas
jogadas
no meio fio
de minha vida