2 de ago de 2015

EU TE OLHO

eu te olho
com ternura
de quem ama
com desejo
de quem ama
com amor
quem tenho
eu te olho
pelo
infinto
do que sinto
pelas retinas
tão viciadas
em ti
eu te olho
teu olhos
de tantos encantos
teu corpo
de tantos desejos
eu te olho
com encanto
da paixão que existe
em mim
e me rendo
a tudo o que sinto
eu sei
quando eu te olho
que és tu
a dona
de mim
a dona
de tudo o que há mim