30 de ago de 2015

EU NÃO SABIA

bastava
um sorriso
e eu me perdia
eu voava
mesmo
sem ter asas
eu criava
elos
mágicos
sentia
meu coração
ficar
diluído
cheio
das esperanças
que eu mesmo
criava
bastava
um sorriso
e eu
já estava apaixonado
era tolo
no sentir
era bobo
me doava
por nada
e por nada
já amava
eu não sabia
o que era amor
bastava
um sorriso
e eu amava