"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

16 de ago de 2015

ESCREVO

escrevo
o que bebo
o que como
o que vejo
o que penso
invento

escrevo
a dor
que sinto
a dor
que penso
sentir
o gosto
do limão na boca

escrevo
a acidez
da vida
e na vida
amores
sem rédeas

escrevo
mulheres
utopias
incertas
vômitos
cicatrizes

escrevo
solidão
solitários papéis
que voam
instantes

escrevo
bobeiras
palavras desconexas
sem sentido
certo

sem rumo
sem plumo
discordância

escrevo
o desamor
e ao amor
brindes
em taça de vinho
quebradas