1 de ago de 2015

EM FRENTE AO MAR

é onde
quero estar
de frente
ao mar
papel em branco
caneta
e poesia
é onde
quero ficar
de frente
ao mar
com minhas
tantas indecisões
com meus tantos
pensamentos
é onde
quero
deixar minha vida
de frente
ao mar
que me deixa
livre
de tudo aquilo que carrego
livre da minhas
culpas
e dos meus problemas
é onde quero
morrer
de frente ao mar
sozinho
com papéis
canetas
e poesia