21 de ago de 2015

DIZ PRA MIM

diz
quais
são
as ruas
que andas
para que
eu possa
quem sabe
te encontar

diz
quais
são as tuas
esquinas
ficarei
alí
parado
a te esperar

quem sabe
enfim
possa eu dizer
que o não sinto
o que sinto
já sabes

diz
quais
palavras
espera ouvir
de minha boca calada

o fel
do teu beijo
ainda
queima minha língua

diz
quando este
teu veneno
sai de mim

diz pra mim
as mentiras
que não quero ouvir