2 de ago de 2015

DEIXA

deixa
ao menos
eu te sonhar
sonhar
que te beijo
a boca
que te suspiro
e que me enlaço
em teus abraços
deixa
ao menos
eu te querer
na cama
macia
e ficar ali
entre
tuas pernas
como melodia
deixa
eu te tocar
os cabelos
e te fazer
carícias
sem maldade
só malícia
deixa
ao menos
eu te sonhar
quando
tudo acaba
em mim
deixa
eu sentir
e que te querer
do meu jeito
deixa
eu te inventar
e te rascunhar
nas minhas tantas poesias
em papéis em branco