9 de ago de 2015

DÉBORAH BONATTI

fico
parado
te olhando

fico
pensando
palavras


me envaideço
nesta tua beleza

fico
te olhando
pensando

tu és
a inspiração
beleza esculpida
pelas mãos
de Deus

me fogem
as palavras
as rimas
os versos

deixo então
me silêncio
meu sentir
minha boca seca
minha mãos geladas

e minha tentativa

de te escrever

me faltam palavras
Déborah
me sobra sentir