9 de ago de 2015

BOM TE AMAR

bom
te amar
nos dias
nas tarde
noites
madrugadsas

bom
te sentir
quando o sol nasce
quando o sol se poe
quando a lua
se desnuda

bom
te querer
como te quero
sempre
sem roupa e
vestida de pele

bom
te ter
em mim
sem pressa
sem riscos
no silêncio
dos nossos corpos
que gemem
e se roçam
e se esfregam
e no suor
se entregam

bom
sentir vivo
o teu amor
de sentir