10 de ago de 2015

ÁGUAS MORTAS

teus
rios
secaram
nenhuma água
mais
me leva
ao teu cais
ao teu porto

teus
rios
sem água
sem risos

teus
passos
sem rastro

teu sol
sem sombra

rios
de águas
secas
meu barco
encalhado
no lodo frio
de tua alma

flores secas
águas mortas