28 de jul de 2015

NEGRO VÉU

te
trouxe
flores mortas
te
dei

um amor
viciado
te
procurei
antes
mesmo
de ter te procurado
te
nasci
de vergonhas
esparsas
de espasmos
de cuspes
escarros
te
trouxe
a minha sorte
a minha
morte
flores
sem vida
flores mortas
te trouxe
sensações
cor de rosa
te arranquei
o negro véu
de tua alma