29 de jul de 2015

JUSTAMENTE

é
justamente
na sua
imensidão
que habito
é
justamente
no seu
amor
que sinto
o amor que sinto
é
justamente
no contrapé
do contratempo
que lhe acho
que lhe beijo
e te amo
é
justamente
nos nossos acasos
que desenho
nosso tempo
é justamente
você
que me serve
como roupa
feita as mãos
pra mim
é você
justamente
você
e toda sua imensidão