28 de jul de 2015

ACASO

o que
tem demais
eu te querer
demais
é um querer
que é meu
é um querer
de graça
quando
passa
por mim
o que
tem mais
eu te amar
se amo
sem as pretensões
do velho amor
não
te quero
numa cama fria
de instantes
que passam
não te
quero
em momentos
o que
tem demais
se te sonho
se meu corpo
é febre
o que
tem demais

buscar teu rosto
por ai
e teu amor
que fez de mim
simples acaso