9 de fev de 2015

VOCÊ VEM


você
vem
numa
revoada
de desejos
quando
penso
que não
há mais
nada
de você
em mim
você
vem
com suas
asas
de anjo
e me acolhe
e me acalma
e depois
some
e depois
me deixa
no silêncio
de vácuos
eternos
você
vem e eu
tento
te agarrar
e te prender
por um instante
em mim
você
vem
numa revoada
pra depois
me deixar
nas tuas praias
na beira do teu mar