7 de fev de 2015

TANTOS


tantos
sentidos
pra sentir
tantas palavras
sufocadas
em quartos
escuros
tantos
corpos
secos e sem amor
tanto
amor
jogado fora
a noite
que implora
por lágrimas
secas
o dia
que espera
em nós
outra triste quimera
tantos
enganos
engodos
tantos caminhos
ruas sem saída
becos
martírios
lamentos