14 de fev de 2015

TANTAS VEZES


às vezes
me encolho
às vezes
me retraio
às vezes
me estico
me largo
meio poça
meio lago
às vezes vou
às vezes fico
largo
atraio
às vezes
leio
às vezes
olho
às vezes
sinto
às vezes praça
às vezes
céu
às vezes
tantas vezes
poesia
papéis cintilantes
lanternas
às vezes barulho
às vezes silêncio
nada
às vezes
mártir
às vezes
martírio
às vezes
vela
às vezes
laço
nós
sós