3 de fev de 2015

SUJAS RUAS DE POESIA




A poesia
Está nas ruas
Está onde
Há vida
Onde há gente
Andando
Pessoas
São poesias
Ainda
Que introspectivas
Em seus mundos
Ainda
Que em silêncio
Atrás
Dos seus fones
De ouvido
Ou das lentes
Embaçadas
Dos seus óculos
Escuros
A poesia
Está em cada
Rosto
Que passa por mim
Nas ruas
Nas sujas ruas
Imundas de poesias