11 de fev de 2015

SE ESCONDA - FUJA

se esconda
de mim
pra que eu
não te ache
e leia-te
em minhas poesias

se esconda
de mim
para que eu
não fale
do que sinto
nem envergonhe
teus sentidos

se esconda
em teu mundo
de tantas certezas
enquanto eu
vagaroso
de sentir
fico divagando
pelos sonhos
de um amanhã melhor

se esconda
em meus sonhos
em minhas tristes
canções
de todas as madrugadas
deixa-me
sentir
teu sentir
mesmo não querendo

fuga
nos ventos
que sopram
em direção contrária
e deixa
que eles
te levem
para bem longe de mim