7 de fev de 2015

QUERO EU


quero
eu
e minhas confusões
e minha tristeza
e desilusões
não quero
saber
o que pensa
o que sente

não me importo
mais
quero
eu
e meu silêncio
quero minhas
lâmpadas
queimadas
velas
derretidas
no prato
não quero
tua voz
teu abraço
já não me importo
mais
quero
apenas meus copos
cheios
e beber quieto
minhas amarguras