4 de fev de 2015

MINHAS MENTIRAS




Eu gosto
De amar
Minhas mentiras
Gosto
De
Amar
Minhas poesias
As histórias
Que invento
Sinto-me
Assim
Um pouco
Maior
Diante
Do rosto
Que vejo
No espelho
Eu gosto
Das tantas paixões
Que se foram
Dos gritos
Ocos
Que as ruas
Deixaram de ouvir
Gosto de amar
Todo o amor
Que há em mim