12 de fev de 2015

EU SOU


eu sou
teu momento
teus arranhões
tua saliva

eu sou
teu peito
tua covardia
teu beijo

eu sou
a noite
mal dormida
o sol
que te faz
amanhecer

eu sou
teu estupido
aquele que tapa o vazio
da alma

aquele que diz
tudo
aquilo
que toda mulher
gosta de ouvir

eu sou
aquele
que faz voar
e que aquele
que te mata
no teu altar

sou a voz
que se cala
quando quer
teu palhaço
teu imundo
vagabundo