10 de fev de 2015

ESTA MINHA VIDA


este
gosto
pela loucura
de uma vida
abundante
esta
sede
de água
que não há mais
neste
mundo
estes quadros
que desenho
estas
tantas poesias
estas poesias
fico
às vezes
me perguntando
quem sou eu
de onde venho
e o que faço aqui
há tempos
tentei saber
sei que amo
o amor que tenho
em mim
e tudo
o que faz parte
deste meus mundo
de conceitos
e delírios
este gosto
esquisito
de viver
de querer toda vida
que puder
estas poesias
esta minha vida
este meu rio
meu rio
enfim meu riso