8 de fev de 2015

DEIXA EU SONHAR

deixa
eu me perder
nas curvas
do teu corpo
deixa
eu beber
nas tuas fontes
deixa
ao menos
eu te sonhar
deixa
eu sonhar
teus seios
deixa
eu querer
o toque
lânguido
das tuas mãos
deixa
eu
beijar tua boca
beijar tuas coxas
beijar
tua pele
deixa então
eu sonhar
nas minhas noites
de clemência
dessa
minha demência
vida decrêpita
deixa ao menos
eu solver
tuas mentiras