3 de fev de 2015

CINZA MORTO




Olho
Os rios
Podres
Tuas águas
Mortas
Olho
O céu
Cinza
De nuvens
Cinzas
Sinto
O ar quente
Cheio
De poeira
Procuro
Todo
Resto
Da beleza que se perdeu
Procuro
As poesias
Nos muros pixados
Frases
Desconexas
Olho e já
Não vejo mais nada
Tudo está enterrado
No cinza morto desta cidade