3 de fev de 2015

CHEIRO DE MIM




Aquele
Cheiro
Aquele bolor
Na parede
As baratas
Ali
Me diziam
Que ainda
Havia vida
Havia
Ainda a luz
Que mergulhava
Pelas frestas
Da janela
Havia
Ainda a escuridão
Que em mim
Insistia
Em ficar como
O bolor da parede
Não havia
Graça
Não havia mais
E eu me arrastava entre
As cinzas de mim
Aquele cheiro
Aquele cheiro de mim