21 de jan de 2015

VIVO POESIA




A poesia
Agora
Ja nao tem
Em mim
O mesmo sabor
Eh mais ardida
Mais intensa
Menos comedida
A poesia
Agora
Em mim nao se esconde
Entre meus
Pilares
De agonia
Ja nao escrevo
Mais
Por escrever
Em mim
A poesia
Se fez vicio
E vivo
Toda poesia que
Ha em mim
Sem dor alguma
Somente a nostalgia