"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

17 de jan de 2015

TANTAS MENTIRAS



Tudo
Está bem
E derrepente
Desaba
Derrepente
Todas as dores
Voltam a doer
A alma
Volta a sangrar
Aquela dor
Esquecida
Vem com tudo
Esmaga
O peito
Derrepente
Os gritos
Ficam abafados
E os punhos
Cerrados
Tudo
É mentira
Tudo são sentimentos
Disfarçados
Tudo
Acaba voltando
A ser como sempre
Foi
A dor fica escondida
Mas nunca esquecida
E derrepente volta a doer