"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

18 de jan de 2015

SINTO-ME VAZIO



Às vezes
Sinto-me vazio
De sentimentos
Tento vestir
A capa invisível
Da esperança
E deixar
Que ela
Sacuda
Essas minhas
Percepções
Adormecidas
Às vezes
Sinto-me
Fora da sintonia
Do mundo
Não penso
Em nada
Não sinto nada
As horas
Passam apressadas
E meu relógio
Parado
Na mesma hora
Que parei de pensar
Em tudo
E pensei em nada