31 de jan de 2015

SENTADO OLHANDO




Estou
Sentado
Nas margens do rio
Da minha vida
Olho
O tempo
Aquele garoto
Atrevido
Bonito
Cheio de tantos
Encantos
E vazio
Olho meu amanhã
Aquela mulher
De mistérios
E encantos
Que é viva
Nos meus sonhos
Que desaparece
Quando abro os olhos
Estou
Sentado agora
No vazio que há em mim
Olhando
O garoto bonito
Seduzindo a mulher
Dos meus sonhos