27 de jan de 2015

REVERÊNCIA




QUERO ME SERVIR DE VÓS
DAS TUAS POESIAS
DOS TEUS PRÊMIOS
E TEUS TROFÉUS
QUERO ME DIVERTIR
COM A DEUSA DA POESIA
NUA A DESFILAR ALEGRE
EM TEUS CARNAVAIS
QUERO ME SERVIR
DAS VOSSAS VÍSCERAS
POETAS DE TANTAS POESIAS
E TANTOS LIVROS VAZIOS DE ALMA
MAS QUEM SOU EU
PARA TRIPUDIAR E ME ALIMENTAR
DE VOSSAS PALAVRAS
HÁ EM TUAS ESTANTES PRÊMIOS
E NAS MINHAS PÓ
QUEM SOU EU
EU NÃO SOU NADA
NÃO HÁ SOBRE MIM HOLOFOTES
E MEU EGO FOI ASSASSINADO
EM PLENA LUZ DO DIA
ENTÃO
APLAUDO DE PÉ VOSSAS CONQUISTAS
E DEIXO MINHAS REVERÊNCIAS
E MINHAS POESIAS
TÃO CHEIAS DE NADA...