21 de jan de 2015

PORTAS ABERTAS




Vem amor
Que ainda
Ha em nos
Muita vida
E muito amor
Vem
Abre os braços
Toque
De caricias
O vento
Se perca
Nos fatos
Incendeia
Teus papeis
E planos
Desenhados
Deixa
A vida
Nascer
Sem pressa de morrer
Vem amor
Que nossa hora
Eh agora
Nossas portas
Por fim se abrem