10 de jan de 2015

POR UM MOMENTO

quero
nas tuas noites
ser a brisa
que invade
teu quarto
e toca
de leve
teu corpo
quero
nas tuas noites
ser o sonho
que invade
teu pensamento
e ficar
ali
do teu lado
inqueito
de desejos
quero
nas tuas noites
teus desejos
e te acariciar os cabelos
e beijar
tua boca
quero
ser nas tuas noites
o lençol
que te cobre
e tuas roupas jogadas
no chão
quero ser teu pecado
e o sol
que depois
de tudo
de faz despertar
quero
ser por um momento
teu instante