3 de jan de 2015

ONTEM

já é ontem
e ainda
não sei
se teus sintomas
permanecem
em mim
a noite
nos deixou
juntos
nos fez
um
os ponteiros
estão parados
as horas
ressecadas
e a vida
olhando
para o que restou
de nós
já é ontem
e as lembranças
esmagam
nossos corpos
mesmo que nossos
abraços
sejam nós
mesmo que nossos
beijos
sejam laços
seremos sempre
nós
ontem
hoje
para sempre