12 de jan de 2015

ONDE ESTAMOS

onde
estão as mulheres
que inspiravam
poesia
onde
estão as mulheres
apaixonadas
que suspiravam
para a lua
e morriam
de amor
pelos tantos
Romeus
das ruas
para onde foi
toda doçura
todo romantismo
onde
estão os homens
que eram
loucos por essas mulheres
onde
estão as poesias
escritas
nos guardanapos
pixadas
nos muros
deste mundo
onde está
o amor
e toda sua sensibilidade
onde estão
as mãos dadas
os abraços
sem razão
o encanto
a melodia
onde está o amor
que os unia