10 de jan de 2015

NUNCA FUI METADE

nunca
fui
de meias
palavras
de meios
sentimentos
nunca fui resumido
sempre
fui assim
intenso
falo o que sinto
falo o que penso
por isso
ando sempre só
poucos
os que me toleram
os que me aguentam
não sei
sentir pouco
não sei fingir
que não sinto
me entrego
sempre a tudo aquilo
que acredito
me rasgo
nunca fui
meio
nunca fui metade
em nada
não sei brincar
amar nunca
foi brinquedo
gostar
nunca foi diversão
certo ou
errado
bem ou mal
sou assim