23 de jan de 2015

LADO SOMBRIO




Ha
Um escuro
Em mim
Um vale
Que desconheço
Um grito
Que nao escuto
Uma poesia
Que nao escrevo
Ha
Em mim
Um amor
Que nao vivo
Uma mulher
Que desejo
E um desejo
Que esqueço
De querer
Ha
Em mim
Uma revolta
Um oceano
De infinitas proporçoes
Ha em mim
Uma natureza escondida