2 de jan de 2015

NOITES QUENTES

noites
quentes
posso então
dedilhar
teu corpo
tocar teus seios
teu sexo
sem medo
noites
quentes
posso
olhar teu corpo nu
sem frescuras
beijar
tuas costas
querer
ainda mais
teu sexo
noites
quentes
e a gente
se enrosca
nos lençois
e ama
nestas noites
de lua
cheia
teu corpo
assim
entregue
ao meu desejo
noites
quentes
teu corpo
quente