4 de jan de 2015

NELA

nela
gosto
tudo
de tudo
as costas nuas
os ombros
a lua
gosto
do céu da boca
dos cabelos soltos
dos pés na areia
das mãos
nela
gosto
tudo
de tudo
do riso
debochado
das verdades
ditas
sem pensar
gosto
dos tapas ardidos
que me dá
e das mordidas
nela
gosto
do vento
das manhãs
das noites
das madrugadas
nela
gosto
tudo
tudo o que há nela
partes
de mim
e todas as partes
dela