12 de jan de 2015

NADA EM MIM É MEU

meus sonhos
não pertecem
a mim
nem o amor
que sinto
nem a vida
que me escorre
pelas mãos
a mim
somente
a loucura
de tantos
sentimentos
nada
em mim
é meu
nada
em mim
é começo
finda
quando os olhos
se fecham
numa piscadela
de segundos
nada
me pertence
meus rabiscos
meus anseios
meus medos
meu rosto refletido
no espelho