13 de jan de 2015

HÁ TEMPOS

venho
há tempos
me esquivando
do mundo
venho
fugindo
de todo amor
que quero
logo
eu que plantei
amor
por onde andei
venho
há tempos
esquecendo
de mim
e deixando
que meus tantos
eus
espalhados
por ai
também sejam
esquecidos
venho
há tempos
me reinventando
e me fazendo
ser
o que não quero ser
há tempos
tenho
morrido
e vivido
nas cinzas
do que restou de mim