24 de jan de 2015

FIM DE NOSSAS TARDES




E assim
Nos amamos
No meio
Do deserto
Que havia
Em nós
Afoitos
Amantes
De beijos
Lascivos
Cada um
Sonhando
De um jeito
Do seu jeito
Cada um
Sentindo
O amor
À sua maneira
Ficamos
Ali
Com os corpos
Entrelaçados
Bebendo a saliva
Que escorria das bocas
Cansadas
Nos amamos
Depois no fim da tarde