5 de jan de 2015

E AGORA

e agora
em quem
devo
me inspirar
o amor
se perdeu
a paixão
morreu
e agora
os papéis
ficarão
em branco
sem poesia
sem mentiras
o amor
correu pra longe
se escondeu
e agora
como viverão
os poetas
e os apaixonados
o que será
de todos os sentimentos
e como fico
se até as crianças
cresceram
as flores
murcharam
morreram
e agora
o que faço
com o amor
que sinto
mato ou vivo