16 de jan de 2015

ALI NO MURO DO MUNDO



Hoje
Eu quero ficar encostado
Nos muros do mundo
Quero
Deixar que as coisas passem
Por mim
Sem me ver
Hoje
Quero deixar meus pensamentos
Aprisionados nesta minha gaiola de momentos
Hoje
Quero incertezas
Quero apenas ouvir o vento
E o tempo rasgando
Essa minha pretensão
De ficar
Abandonado
Olhando
Com o olhar perdido
No horizonte
Hoje
Quero
Que meus papéis voem
Quero ficar
Morno
Sem ternura
Sem frescuras
Apenas
Ali
Eu e o nada